halongaas2

HALONS

Os halons são compostos de baixa toxicidade, quimicamente estáveis e amplamente usados nos últimos 20 anos na supressão de incêndios e explosões.

O Halon 1211 é um agente fluído líquido usado principalmente em extintores de incêndio manuais, enquanto o halon 1301 é um agente gasoso usado principalmente em sistemas fixos de extinção por inundação total.

 

NOSSA CAMADA DE OZÔNIO AMEAÇADA

A camada de ozônio estratosférico envolve a atmosfera terrestre protegendo a Terra e seus habitantes da radiação solar ultravioleta. Evidencias científicas recentes indicam que o uso de substâncias químicas artificiais, especialmente os clorofluorcarbonos e os halons, estão diminuindo a concentração de ozônio na estratosfera. Se este processo continuar, pode conduzir a um aumento de câncer de pele e cataratas, além de prejuízos ao sistema imunológico e danos a vegetação, comprometendo inclusive a produção agrícola. Por isto, as emissões dessas substâncias devem ser minimizadas até a eliminação completa dos seus usos a curto prazo.

 

PROTEGENDO A CAMADA DE OZÔNIO

Muito dos danos causados a camada de ozônio podem ser evitados deixando-se de utilizar equipamentos que contenham halons em treinamentos e testes. A comunidade de proteção ao fogo já reagiu a isto eliminando o uso de halons em descargas de testes comuns, em pesquisa e em treinamentos e ensaios de campo. Os sistemas de supressão de fogo e os equipamentos devem ser habitualmente mantidos e consertados para se evitar vazamentos, alarmes falsos e outras emissões desnecessárias.

 

ENCERRAMENTO DA PRODUÇÃO DE HALONS

Reconhecendo-se que a destruição da camada de ozônio é um assunto sério e que os halons atualmente usados em equipamentos contra o fogo podem ser reutilizados em outros equipamentos de proteção, o Brasil interrompeu voluntariamente a importação de halons recém produzidos. Também, sob as condições do Protocolo de Montreal sobre Substâncias que Destroem a Camada de Ozônio, cessou a produção de halons nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, França e Japão.

 

OS HALONS DEVEM SER RECICLADOS

O Brasil, junto com outros parceiros signatários do Protocolo de Montreal, encoraja a recuperação e reciclagem de halons para atender as necessidades críticas e/ou essenciais de proteção contra incêndio. Está claro que a reciclagem de halons será necessária para atravessar o processo entre o final da produção de halons e a plena disponibilidade comercial de seus substitutos, bem como em casos críticos, quando medidas de proteção alternativas não forem satisfatórias ou não puderem ser encontradas. Para suprir esta necessidade, a AEROSS com o certificado do IBAMA poderá reciclar, dar destinação final e promover o descarte para os gases Halons.

 

TENHO EXTINTORES DE INCÊNDIO COM HALONS O QUE DEVO FAZER?

O halon 1211 não é um agente excelente para extinção de fogo localizado. Você pode continuar com seus extintores portáteis que contêm halon 1211.

No Brasil, os procedimentos técnicos para testar a segurança dos extintores são exigidas a cada cinco anos. Por favor, quando estes testes forem solicitados, assegure-se que a companhia que dá manutenção a seus extintores de halons assuma que eles sejam recuperados e reutilizados em seu extintor. É importante que o serviço seja apropriado para sua segurança e também para a segurança da camada de ozônio. Se vier a ser necessário usar o seu extintor de incêndio de halos para extinguir um foco emergencial, não o re-carregue, substitua-o com outro tipo de extintor alternativo. Certifique-se que sua empresa de manutenção e fornecimento de equipamentos de combate a incêndios está qualificada (como a AEROSS) para ajudá-lo a fazer a escolha correta que vá ao encontro de suas necessidades específicas.

 

TENHO UM SISTEMA DE PROTEÇÂO DE INCÊNDIO FIXO QUE USA HALON. O QUE DEVO FAZER?

Se suas instalações estão protegidas através de sistemas de supressão de incêndio por halons, por favor assegure-se que o sistema é profissionalmente mantido por uma companhia qualificada e certificada para proteção de incêndios. Permite-se que você continue usando o halon 1301 onde eles estão atualmente instalados para proteger os usos importantes comumente encontrados em sistemas fixos. Contudo, se disponível, o halon 1301 também pode ser usado para suprir necessidades críticas de proteção ao fogo onde os seus substitutos adequados ainda não estão disponíveis como medidas alternativas de proteção ao fogo. Os exemplos são o uso a bordo de aeronaves e outras aplicações onde pode haver probabilidade de incêndio de líquidos ou gases inflamáveis dentro de um espaço fechado. Se o seu empreendimento protegido por halon for fechado ou demolido, por favor, contate a Aeross para assegurar que seus halons 1301 sejam reciclados e sirvam para outro usuário com necessidades críticas de proteção.